abril 03, 2019

Viajar com animais



Desde que temos o Tobias, que ele foi incluído nas nossas viagens e passeios, sempre que é possível.


Para a viagem é preciso certificarem-se que:

  • Efetuar paragens com alguma frequência para que o animal possa passear um pouco, fazer as suas necessidades e comer/beber;
  • Ter água;
  • Cinto de Segurança para o animal;
  • Resguardo (não obrigatório mas convém para que este não danifique a viatura);
  • Um brinquedo (não obrigatório, mas pode fazer o animal se sentir mais acomodado durante a viagem.
O Tobias é doido por andar de carro e passear e por norma acomoda-se sempre muito bem. Temos por hábito ao domingo passearmos e regra geral o Tobias acompanha-nos.

Até aos 4 meses o Tobias só saia de casa para ir para casa dos nossos familiares, visto que há o risco de apanharem determinadas doenças e ainda não tem as vacinas todas. A partir daí sempre o habituamos a passeios.

A nossa experiência

Em Maio 2018 fomos passar um fim de semana à Lousã. O Tobias tinha 8 meses, estava numa fase de brincadeira e de fazer alguns disparates. Tivemos algum receio mas fizemos a reserva no Palácio da Lousã Boutique Hotel, que permite animais. Super recomendamos. Fomos super bem tratados. Forneceram uma cama, bebedouro/comedouro para o Tobias ficar hospedado junto connosco no quarto e ainda emprestaram um brinquedo que ele adorou. O Tobias também se portou muito bem. Quando fomos tomar o pequeno almoço, com receio que fizesse asneiras, tivemos de o fechar na casa de banho e ele lá ficou.



Em Junho 2018 fomos a Sintra comemorar o nosso primeiro aniversário de casamento. Apesar de ter feito a reserva na Quinta das Murtas, que também permite animais, decidimos não levar o Tobias porque queríamos visitar vários monumentos e ele ia ficar muito tempo sozinho. Além disso a viagem tinha um motivo romântico, que achámos que não se adequava.

Em Agosto 2018 foi a maior viagem e a estadia mais longa fora de casa do Tobias. Fomos para o Algarve, mas decidimos parar a meio do caminho e passar uma noite no Meco. A viagem teve de ser feita com mais cuidado pois estava um calor impossível de aguentar, muito mais para ele, que sendo um Bulldog Francês, tem pouca tolerância ao calor. Compramos uma bandana fria (não sei se é o nome correto), que foi a nossa grande aliada. Fizemos imensas paragens na viagem para o Tobias beber água. Atenção que em tempos de muito calor, nunca devem colocar o animal no chão sem verificar a temperatura do chão. Mesmo tendo essa atenção, o Tobias chegou a queimar as patas, zona abaixo do focinho e zona da barriga por se deitar no chão.
No Meco ficámos no Parque de Campismo. No café e restaurante ficámos sempre na esplanada para que ele nos acompanhasse. Depois dormiu connosco no Teepee, que apesar de ser muito pequeno, conseguimos ficar os 3 bem acomodados.  
No Algarve ficámos instalados nos Apartamentos Dona Ana em Lagos. O apartamento tinha a cozinha, sala e quarto tudo num só local e apenas o wc era separado. Ficámos assustados com medo do que ele pudesse fazer, porque aqui ele ainda não tinha feito um ano. No entanto, tomámos sempre como regra ir com ele à rua de manhã, hora de almoço e final do dia. Levámos connosco todas as suas coisas para que se sentisse verdadeiramente em casa. Passávamos as manhãs e tardes fora de casa e não o levávamos connosco pois não pode ir para as praias nem piscina, mas tínhamos sempre a atenção de irmos a casa almoçar e passar tempo com ele. Correu muito bem esta experiência. A viagem de regresso foi feita ao final do dia para evitarmos as horas de maior calor e uma vez que iríamos fazer toda a viagem de regresso.



Em Outubro 2018 fomos 4 dias aos Açores e por razões óbvias o Tobias não foi.

Em Novembro 2018 fomos com amigos passar o fim de semana a Manteigas. Ficámos hospedados numa casa local Casa Cerro da Correia, onde também fomos muito bem recebidos. Aqui, o Tobias nunca ficou sozinho em casa, pois o roteiro assim não o permitia. No dia de chegada quando fomos para casa já não saiamos naquele dia e o dia de saída fizemos o check-out de manhã e já não voltámos. Ao visitar a Fábrica Burel, como não era permitida a entrada de animais, o Rúben ficou com ele fora e fui eu visitar a Fábrica. No dia de regresso a casa, também para almoçarmos, eu fiquei no carro com o Tobias e o Rúben foi almoçar e depois trocámos.



Em Dezembro 2018 fomos passar 3 dias ao Douro e ficámos alojados na Casa da Mouta. O Tobias aqui também facilmente se ambientou à casa. Como o roteiro não incluía visitarmos locais públicos fechados ele também sempre nos acompanhou. Houve um dia que tínhamos um jantar marcado fora e o Tobias ficou em casa. À semelhança da Lousã a casa também era openspace sala + cozinha e com medo de o deixarmos sozinho e ter tanto para "destruir" acabamos por o deixar no wc, que era espaçoso e onde acomodamos as coisinhas dele para que se sentisse bem.


Fora estas viagens, como já mencionei, ao domingo fazemos passeios de um dia e ele normalmente acompanha-nos, à exceção das vezes que temos que visitar locais onde não entram animais.

Quando o Tobias não vai connosco e se tratam mais que um dia, os meus pais, carinhosamente, se mudam de malas e bagagens para a nossa casa para cuidarem do Tobias. Quando se trata apenas de um dia, o Tobias já está habituado a ficar sozinho em casa e porta-se muito bem.

Claro que temos que ter sempre atenção ao animal e por vezes temos que tomar opções de roteiros. Também há sempre a escolha se efetuar as refeições na casa onde estamos alojados ou levar comida para fazer pic-nic, mas sentimo-nos bem por o termos por perto, até porque o Tobias para nós é família.

Este ano vamos fazer um tour de jipe até ao sul de Espanha e o Tobias vai-nos acompanhar nesta grande aventura. Portanto fiquem desse lado para ver todas as novidades desta tour e como vão ser os cuidados com ele e como se vai portar.

1 comentário:

  1. O Tobias é tão, mas tão, fofinho!!

    Fico muito feliz por ver quem se preocupa com o bem-estar dos animais, eles são verdadeiros membros da família! <3

    Um beijinho,
    MESSY GAZING

    ResponderEliminar