março 27, 2019

São Miguel, Açores - Parte 2/2


Dia 3

Neste dia rumámos à famosa plantação de chás Gorreana. A entrada é gratuita e ainda podem usufruir no final da visita de um chá. É a plantação de chá mais antiga e atualmente a única em toda a Europa! Confesso que tive que comprar o chá preto, fiquei totalmente rendida, é maravilhoso.



Dali seguimos para a Lagoa do Congro, escondida no meio da floresta, encontram a lagoa com água verde e rodeada de bastas árvores. É uma paz tão imensa que se faz sentir que eu ficava ali o resto do dia. A lagoa tem 1,25 km de diâmetro. Esta lagoa situa-se em propriedade privada mas é possível efetuar o trilho para "visitar" a mesma. Este trilho tem cerca de 2 km e dificuldade fácil.




Fomos às Furnas almoçar ao famoso restaurante Tony's, no entanto não comemos o típico cozido mas em geral a comida é boa.  

O Parque Terra Nostra foi a nossa próxima etapa, onde passámos bastante tempo. Primeiramente visitámos o parque em si e os seus magníficos jardins e de seguida fomos banhar-nos no tanque de água termal. Vale tão a pena, é tão maravilhoso! Sinto tanto a falta daquela água. Também tem pequenos tanques, os quais chamados de Jacuzzi, em que a água é um pouco mais quente. O parque dispõe de balneários e duches. Atenção à vossa roupa, porque estas águas tingem a roupa, portanto utilizem sempre roupa de banho que não gostem ou que não se importem de deitar fora depois.




Tentámos ir ver as Fumarolas, mas como era pago, acabámos por não ir e desfrutámos apenas de um pequeno passei na Lagoa das Furnas.




Já ao final do dia, decidimos ainda nos irmos banhar à Poça da Dona Beija. Também de águas termais, este parque dispõe de várias "poças" com profundidades e temperaturas diferentes. Um local apaixonante. Quando lá estivemos choveu e isso tornou a nossa visita ainda mais especial, pois é uma sensação única.

Dia 4

Começámos o dia por visitar a lindíssima Lagoa do Canário. Infelizmente não conseguimos fazer o trilho para ir ao maravilhoso miradouro desta Lagoa. Acabámos por ir à própria da Lagoa e mesmo assim valeu tão a pena. O que se sente nos Açores é que todos os lugares valem tanto a pena, sente-se uma paz imensa e uma vontade inexplicável de ficar lá a viver e/ou voltar.




A vista do Hotel Abandonado para a Lagoa das Sete Cidades é de facto deslumbrante. Não conseguimos ver a distinção das cores das lagoas (azul e verde) por causa do tempo. É necessário normalmente estar o sol a bater na água. Não entramos no hotel porque este estava vedado, visto que alguém pelos vistos o vai restaurar para abrir em 2021. Apesar de estar gente lá dentro, pois provavelmente há alguma abertura que possa permitir a sua entrada.




Ao dirigirmos-nos para a Lagoa das Sete Cidades ainda passámos na Ferraria. Neste local podem desfrutar de piscinas naturais de água quente e também das termas. 



Após percorrermos uma das "laterais" da Lagoa tivemos de rumar ao Aeroporto para regressarmos ao continente.



Fica uma viagem inesquecível e uma vontade enorme de voltar aos Açores, agora para outras ilhas.


O que visitámos nestes dois dias:
✓ Chás Gorreana 
✓ Lagoa do Congro 
✓ Parque Terra Nostra - 8€/pessoa
✓ Poça Dona Beija - 6€/pessoa
✓ Lagoa das Furnas - penso que era 2€/Carro
✓ Lagoa do Canário
✓ Lagoa das Sete Cidades
✓ Ferraria

O que podem visitar que não visitámos:

✓ Caloura
✓ Costa de Porto Formoso
✓ Forte de São Brás - visita interior 3€/pessoa
✓ Ilhéu de Vila Franca - barco 8€/pessoa
✓ Lagoa das Empadadas
✓ Lagoa de Santiago
✓ Miradouro da Boca do Inferno
✓ Miradouro do Pico do Ferro - vista para a Lagoa das Furnas
Miradouro da Lagoa do Congro
✓ Nordeste
✓ Ponta do Sossego
✓ Praia dos Mosteiros
✓ Rabo de Peixe
✓ Ribeira dos Caldeirões
✓ Ribeira Grande
✓ Ribeira Quente
✓ Salto do Cabrito


3 comentários: